• Programa Tradetur

Romanée-Conti – a garrafa de 2 milhões de reais!

Escrito em 16 Novembro 2018.

(Sotheby's/Divulgação)

Duas garrafas do rótulo mais famoso, mais desejado, mais procurado e nem sempre encontrado da Bourgogne, Romanée-Conti do Domaine de la Romanée-Conti, tornaram-se os vinhos mais caros já vendidos em leilão.


As duas garrafas da safra de 1945 foram vendidas pela Sotheby's em Nova York na semana passada, uma por US$ 496.000 (R$ 1.833.067,20) e a outra por US$ 558.000(R$ 2.062.200,60).

Em um restaurante, uma garrafa de vinho normalmente serve 5 (cinco) boas taças, com 150ml, o que daria a bagatela de R$ 412.440,00 por taça!!


Os vinhos estavam sendo oferecidos como parte da coleção da adega de Robert Drouhin. A consignação de antigos e raros DRC foi 100% vendida e realizou um total de US$ 7,3 milhões - cinco vezes sua mais alta estimativa pré-venda.


Enquanto isso, na mesma venda, uma garrafa de whisky The Macallan 1926 com um rótulo com Sir Peter Blake, alcançou igualmente o assombroso valor de US$ 843.200.

Embora isso não tenha quebrado o recorde estabelecido pela Bonham’s para o mesmo whisky várias vezes este ano, ainda é a garrafa mais cara de qualquer formato que a Sotheby’s já vendeu.


Jamie Ritchie, diretor mundial da Sotheby’s Wine, comentou:


Hoje marca um momento extraordinário não apenas na história da Sotheby's, mas também no mercado de leilões de vinhos e destilados em todo o mundo. O novo recorde mundial estabelecido na venda de hoje é mais uma prova de que a demanda por vinhos e destilados de qualidade excepcional está em alta, e que os colecionadores globais estão dispostos a se esforçar para adquirir as garrafas mais raras de qualquer tipo.

O recorde mundial em leilão de uma única garrafa de vinho de qualquer tamanho, estabelecido pela Sotheby's em Nova York em 2007, permaneceu por mais de 10 anos, e foi um privilégio agregar o nosso sucesso anterior duas vezes em uma única venda. Foi uma honra trabalhar ao lado do The Macallan, assim como da família Drouhin, e estamos ansiosos para dar continuidade a esse momento enquanto nos dirigimos para os leilões de novembro e dezembro.”



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo