• Programa Tradetur

Petra- A cidade rosa da Jordânia está sem camelos e cavalos


O famoso sítio arqueológico de Petra, no deserto do sudoeste da Jordânia, datada, sensivelmente, de 300 a.C., era a capital do Reino Nabateu. Agora, não terá mais camelos, mulas e cavalos com charretes para o trajeto dos turistas.

Com acesso através de um pequeno desfiladeiro chamado Al Siq, contém túmulos e templos esculpidos em penhascos de arenito rosa, os quais originaram a alcunha de "cidade rosa". A estrutura mais conhecida será talvez o Al Khazneh, com 45 metros de altura, que é um templo com uma fachada ornamentada de estilo grego também conhecido como o Tesouro.



Em uma assertiva ação, os camelos, cavalos e mulas serão substituídos por carrinhos elétricos em uma decisão histórica e totalmente comprometida com os direitos dos animais. Agora com a frota de 10 carrinhos recarregáveis, estão no lugar de 12 carruagens movidas por animais do Siq, o desfiladeiro que conduz a estrada da famosa capital dos Nabateus.



Embora perca o clima de Indiana Jones do passeio, o novo transporte é sem dúvida sustentável, confortável e longe da exploração dos animais que trabalhavam por muitas horas em condições difíceis. Agora, os carros elétricos são da Associação dos Viajantes e a renda obtida é rateada entre os motoristas. Os carrinhos transportam até 5 pessoas e facilita a mobilidade de todos e dos idosos e deficientes, afirma Mohammad Amarat, chefe da Associação dos Proprietários dos Cavalos de Petra a AFP.





10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo