• Programa Tradetur

Ministros de Turismo do G20 se posicionam e se comprometem a apoiar e devolver a confiança no setor



No dia 24 de Abril de 2020, foi realizada uma vídeo conferência entre os Ministros de Turismo das nações participantes do G20, com foco na pandemia de Covid-19. Os mesmos se comprometeram a apoiar o setor, que é um dos mais afetados atualmente.


O setor de viagens e turismo representa 10,3% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial. Estimativas preliminares da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) indicam um declínio de 45% no turismo internacional em 2020 devido ao coronavírus, que pode subir para 70% se os esforços de recuperação forem adiados até setembro.


"Comprometemo-nos a trabalhar juntos para apoiar o setor e saudamos os esforços nacionais para mitigar os impactos sociais e econômicos da pandemia pelos países do G20", disseram os ministros em comunicado divulgado após a Reunião Virtual, presidida pela Arábia Saudita.


Os ministros também se comprometeram a trabalhar com as autoridades para garantir que a introdução e remoção das restrições de viagem sejam coordenadas e proporcionais à situação nacional e internacional, garantindo assim segurança aos viajantes.


Durante a reunião, os ministros concordaram em trabalhar com organizações internacionais, parceiros do setor e entre governos para incluir viagens e turismo em programas de resposta e recuperação.


"Reconhecemos a importância de garantir a segurança e o bem-estar dos que trabalham com viagens e turismo e nos comprometemos a trabalhar juntos para apoiar uma recuperação inclusiva e sustentável do setor", disseram os ministros.


O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) estimou que até 75 milhões de empregos estão em risco no setor de viagens e turismo devido ao Covid-19.


Para apoiar a recuperação econômica, os ministros se comprometem a garantir um ambiente de viagem seguro que ajude a restaurar a confiança do consumidor no setor, fortalecendo a coordenação regional e internacional.  

 

“Comprometemo-nos a ajudar as empresas do setor de turismo, especialmente micro, pequenas e médias empresas (MPME), empresários e trabalhadores a se adaptarem e prosperarem em uma nova era pós-crise, por exemplo, promovendo inovação e tecnologias digitais que permitem práticas sustentáveis ​​e viagens perfeitas ”, disseram eles.

Além disso, para incentivar a recuperação inclusiva no setor, os ministros de turismo do G20 pretendem trabalhar para apoiar as economias em desenvolvimento que dependem de viagens e turismo.


"Vamos explorar oportunidades como programas de capacitação em viagens e turismo para ajudar a economia mundial a se recuperar e ajudar o setor a se tornar mais inclusivo, robusto e resistente", disseram eles.


O próximo encontro presencial dos ministros de Turismo do G20 está marcado para 7 de outubro, na Arábia Saudita, que atualmente ocupa a presidência rotativa do G20. Para a próxima reunião, o Tourism Working Group foi encarregado “de identificar os desafios do setor que surgiram da crise, de desenvolver e compartilhar mais respostas direcionadas para estimular a recuperação e identificar maneiras de melhorar a resiliência no setor ”.


Você pode conferir o comunicado oficial clicando aqui.


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo